Reunião Cohab Minas – 07 11 (1)

Cori-MG: CORI-MG e Cohab Minas planejam atividades

Instituições dão mais um passo no projeto de regularização no Estado

Representantes do CORI-MG e da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas) se reuniram no início de novembro para discutir as próximas ações do projeto de regularização fundiária dos conjuntos habitacionais e empreendimentos da Companhia. A meta das instituições é regularizar 459 conjuntos, que englobam 18.705 unidades, em 284 munícipios mineiros.

O projeto faz parte do acordo de cooperação técnica que será celebrado entre as duas entidades. O documento prevê o estabelecimento de planos de trabalho para solucionar os diferentes níveis de irregularidade encontrados no Estado – sempre seguindo a legislação vigente: Lei 13.465/17 e Decreto 9.310/18.

Além de contribuir com a definição dos roteiros e dos cronogramas de execução dos procedimentos, caberá ao CORI-MG, em conjunto com a Cohab, realizar a instauração de Reurb, cumprindo o disposto no inciso XVII do artigo 2º do seu Estatuto Social – que determina os objetivos do Colégio. O item dispõe sobre a atuação na promoção de processos de regularização fundiária urbana e rural, inclusive requerendo-as, de modo a ampliar o acesso da população aos benefícios do sistema registral.

O CORI-MG ainda deve orientar a Cohab, elaborar ações para viabilizar o alinhamento de informações dos serviços registrais e difundir o tema para os cartórios e suas comarcas. A Cohab será responsável por participar dos seminários promovidos pelo CORI-MG, e, em conjunto com o Colégio, gerenciar e coordenar as ações do plano estabelecido.

Participaram da reunião o diretor do departamento de Regularização Fundiária do Colégio, José Celso Vilela; a gerente do setor, Natália Guido; o presidente da Cohab Minas, Bruno Oliveira Alencar; o diretor jurídico, Roney Luiz Torres Alves da Silva; o gerente de Habitação, Magid Figueiredo Ali, e o diretor técnico, Walter Melo de Abreu.

Primeiros passos
O CORI-MG promoveu, no início de outubro, um treinamento para colaboradores da Cohab, registradores de imóveis e servidores municipais. O objetivo foi padronizar os processos e pacificar possíveis divergências na interpretação do processo. Também ficou definido que a primeira parte do trabalho se concentrará nos empreendimentos do Programa de Saneamento Ambiental das Bacias dos Ribeirões Arrudas e do Onça na Região Metropolitana de Belo Horizonte (Prosam).

Essa e outras ações reforçam o compromisso do CORI-MG de atuar na promoção de processos de regularização fundiária urbana e rural, com a cooperação e apoio de órgãos públicos e privados.

Fonte: Cori-MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *