Abertura Oficial (1)

IEPTB/MG: Congresso da AMM, presidente Julvan prega união de todos para salvar Minas

A noite desta terça-feira (14 de maio) foi marcada pela abertura do 36º Congresso Mineiro de Municípios, que reuniu mais de quatro mil pessoas, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. O congresso está sendo considerado o maior evento de entidade municipalista estadual do País. Sob o tema “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios”, as autoridades que estiveram presentes ao evento destacaram a importância da união e parceria entre os poderes para ajudar a retirar o Estado da crise.

O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Agostinho Patrus, pregou, em seu discurso, a união de forças dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário para que Minas encontre saídas para driblar os problemas que vem afetando a saúde financeira do Estado.

Agostinho Patrus ressaltou a importância do Congresso da AMM e o papel de liderança do presidente Julvan Lacerda. “Temos aqui uma grande e representativa presença de parlamentares, um quórum qualificado, o que demonstra a importância que a Assembleia dá a esse congresso”, discursou o presidente.

“Ninguém vive no Estado. Ninguém vive na União. As pessoas vivem nos municípios”. Ao citar o pensamento de Franco Montoro, ex-governador de São Paulo, o presidente da Assembleia homenageou os prefeitos e prefeitas que, liderados pelo Julvan Lacerda, enfrentam a crise de cabeça erguida, apesar de terem sofrido muito com a falta de repasses de recursos pelo Estado na gestão passada. “A Assembleia fez a sua parte ao aprovar uma nova legislação ambiental mais rígida e a Reforma Administrativa. Minas se eleva, se levanta e mostra ao Brasil sua capacidade de superar as dificuldades”, disse Agostinho Patrus.

O Secretário de Estado de Governo e ex-prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos, abriu sua fala fazendo uma reverência aos prefeitos presentes e se dizendo honrado de estar entre os seus. “Eu sou municipalista convicto e reconheço que boa parte do convívio, de certa forma harmonioso, entre este governo e os municípios, nós devemos aos prefeitos que são uma espécie de barreira de contenção de problemas sociais mais graves. Todos nós temos que agradecê-los muito e, principalmente, nós, do governo do Estado, temos que pedir desculpas pela mais severa crise econômica da atualidade que eles vivenciaram com a retenção de recursos”, afirmou o secretário. Custódio também parabenizou o trabalho eficiente, combativo, e extremamente eficaz de Julvan Lacerda e da diretoria à frente da AMM.

Em seu discurso, o presidente da AMM, Julvan Lacerda, agradeceu a todos os municipalistas que participaram da solenidade de abertura e reforçou que as dificuldades que tem enfrentado ao longo de sua vida, ele tem encarado como oportunidades, o que o leva a sempre colher bons frutos. Julvan Lacerda também fez questão de destacar em seu discurso a importância das parcerias entre a associação, as prefeituras, o Estado e o poder judiciário na tentativa de buscar alternativas para contornar a crise. “Os últimos anos não foram fáceis, mas com base nos pilares da nossa gestão que são a economicidade, a capacitação e uma gestão eficiente, temos conseguido avançar, e nossa meta é melhorar ainda mais o atendimento ao nosso afiliado”, afirma.

Durante o evento, os participantes ainda puderam conferir a entrega do “IX Prêmio Mineiro de Boas Práticas na Gestão Municipal” e conhecer os projetos vencedores. Também fez parte da abertura solene a entrega da Medalha do Mérito Municipalista Celso Mello de Azevedo às personalidades que contribuíram para a causa municipalista, bem como a entrega da Comenda Especial do Mérito Municipalista.

O 36° Congresso Mineiro de Municípios, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), acontece nesta terça e quarta-feira, dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão. O tema deste ano é: “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios” Mais informações no portalamm.org.br.

Fonte: Site da AMM (Associação Mineira de Municípios).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *