Associações de Minas Gerais lançam a campanha “Cartórios por Brumadinho”

Site

Iniciativa visa arrecadar fundos para as vítimas da tragédia

A Associação dos Notários e Registradores do Estado de Minas Gerais (Serjus – Anoreg/MG), em parceira com o Colégio Notarial do Brasil – Seção Minas Gerais (CNB/MG), lança nesta sexta-feira (1º) a campanha “Cartórios por Brumadinho”, que tem o intuito arrecadar fundos para as vítimas da tragédia ocorrida no último dia 25 de janeiro com o rompimento da Barragem da Vela, na cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte.

Com o objetivo de colaborar com as famílias atingidas, os notários e registradores dos 3003 Cartórios mineiros, presentes em todos os 853 municípios do Estado, poderão doar valores em dinheiro – através do depósito de qualquer quantia – em uma conta corrente aberta pela Serjus – Anoreg/MG para ajudar as centenas de vítimas dessa tragédia.

Por meio desta iniciativa, os valores arrecadados serão utilizados para auxiliar os moradores atingidos a ter seus documentos pessoais como, por exemplo, certidão de nascimento, casamento, assim como as escrituras e registros de suas propriedades, ou ainda subsidiando os custos com documentação para a regularização imobiliária de novas moradias.

“Essa tragédia sensibilizou a todos nós. Porque esta é a segunda em menos de três anos. E sabemos do sofrimento que essas pessoas estão passando e ainda vão passar, principalmente pelos relatos dos registradores de Mariana sobre como a cidade sofre até hoje. E nosso intuito é tentar minimizar alguns possíveis transtornos”, afirma o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Minas Gerais (Serjus-Anoreg/MG), Ari Álvares Pires Neto.

Segundo o presidente da Serjus-Anoreg/MG, as entidades optaram por esse tipo de ação porque com a paralisação do trabalho de mineração, a Prefeitura de Brumadinho deixará de arrecadar mais de R$ 5 milhões por mês, o que deve comprometer o desenvolvimento de algumas obrigações da gestão municipal. “Ao contrário do ocorrido em Mariana, a tragédia em Brumadinho deixou poucos desabrigados. Então, a Prefeitura local já informou que não há necessidade do envio de alimentos, roupas ou itens para casa. Mas mensuramos que haveria uma questão emergencial nas áreas de educação e médica, já que a gestão municipal terá dificuldades em cumprir com as suas obrigações, pelo menos nos próximos meses. Dessa forma, a campanha Cartórios por Brumadinho também visa a compra de materiais escolares e médicos que serão doados para locais indicados pela Prefeitura. E os próprios notários e registradores locais também ficarão encarregados de nos informar onde devemos investir esses valores” explica ele.

“O projeto Cartórios por Brumadinho é uma iniciativa da Anoreg/MG e do Colégio Notarial do Brasil com o objetivo principal de demonstrar a nossa solidariedade com toda as vítimas do incidente. Os cartórios são parceiros diários da população e consideramos de fundamental importância estarmos presentes neste momento de dificuldade e crise, para demonstramos que essa parceria vai além das nossas atividades propriamente ditas. Estamos junto a população para aquilo que for necessário, e contamos com a ajuda de todos os notários e registradores”, também comenta o presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Minas Gerais (CNB-MG), Eduardo Calais.

Os cartórios interessados em participar da ação devem acessar o site http://cartoriosporbrumadinho.com.br/faca-parte/ e preencher o formulário. Em seguida, o responsável receberá por e-mail os dados bancários para efetuar o depósito em conta corrente especialmente criada pela Serjus-Anoreg/MG para as arrecadações.

Acesse o site http://cartoriosporbrumadinho.com.br para mais informações sobre a campanha.

 

Sobre a Serjus-Anoreg/MG

Fundada em 18 de março de 1936, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de Minas Gerais (Serjus – Anoreg/MG) é uma sociedade civil sem fins lucrativos, tendo como finalidade promover a união entre os Registradores, Notários e seus prepostos em todo o Estado de Minas Gerais, como também defender os direitos, prerrogativas e interesses da classe,  além de fortalecer e fazer respeitar a disciplina e a ética profissional.

Sobre o CNB-MG

O Colégio Notarial do Brasil – Seção Minas Gerais (CNB/MG) foi fundado em 05 de setembro de 2011, na gestão da presidente Walquíria Mara Graciano Machado Rabelo, tabeliã titular do 9º Ofício de Notas de Belo Horizonte.  Nos sete anos de sua existência, o Colégio mineiro tem realizado diversas atividades a fim de integrar os notários do Estado e atualizá-los tanto com as novidades gerais e como as segmentadas de sua natureza. Hoje, o CNB/MG é presidido por Eduardo Calais, tabelião titular do 1º Ofício de Notas de Igarapé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DrWriting.com: Leading essay writing service