Grupo

Recivil: Gestão cartorária e qualidade no atendimento são temas de novo curso

Recivil e CORI-MG se unem para realização do curso “Lapidando Diamantes, treinamento vivencial e prático com foco na melhoria da organização e gestão do cartório”.

O Recivil fechou uma parceria com o CORI-MG para a realização do treinamento em gestão cartorária: Lapidando Diamantes. O curso, que é composto por sete módulos obrigatórios e um módulo extra e facultativo, é realizado em grupo de cerca de 20 pessoas com foco na melhoria da organização cartorária.

De forma prática, o treinamento leva o aluno a conhecer e implementar ações em sua organização, com foco nos resultados, alinhando as melhores práticas de gestão, provadas e testadas em cartórios de todo o Brasil.

O treinamento é dividido em módulos de 8 horas cada, presenciais, com intervalos de cerca de um mês entre os encontros.

Durante o treinamento, os alunos terão acesso a um software de gestão (SGT Gestão e Tecnologia), a ferramentas para o trabalho no cartório; a um grupo no whatsapp para discussão; a retornos via e-mail das solicitações; a uma plataforma para estudo com todas as ferramentas e a acesso a suporte online e em tempo real.

O investimento total pelo treinamento, para filiados do Recivil e do CORI-MG, é de R$4.989,00 (quatro mil novecentos e oitenta e nove reais), podendo ser parcelado em até 10 vezes.

As inscrições podem ser realizadas pelo site do próprio curso, onde são encontradas diversas informações sobre o treinamento.

A próxima turma terá início em outubro de 2018 e terminará em agosto de 2019.

Assista ao vídeo com a instrutora Jaqueline Feltrin, que fala com detalhes sobre o treinamento.

Veja abaixo os temas tratados em cada módulo.

Módulo 1:

Postura adequada para resultados efetivos;
Competências a serem desenvolvidas pelos líderes;
Análise global do cartório;
Comunicação eficiente;
Qualidade na prática;
Exercícios de percepção;

Módulo 2:

Conhecendo planejamento e suas interações;
Importância das definições e metas;
Análise das informações colhidas no cartório;
Definição das principais metas e objetivos;
Utilização do SGT – Gestão e Tecnologia;
Planos de ações;
SWOT;
Análise GUT;
Pesquisa de Balcão;
Pesquisa site;
Pesquisa de pós serviço.

Módulo 3:

Alinhamento das metas;
Elaboração dos planos de ações a serem executados;
Definição de indicadores a monitoramento;
Atividade para próximo módulo;
Utilização do SGT – Gestão e Tecnologia
Planos de ações;
SWOT
Análise GUT;
Pesquisa de Balcão;
Pesquisa site;
Pesquisa de pós serviço.

Módulo 4:

Estabelecimento dos padrões de trabalho;
Definição de procedimentos;
Alinhamento dos fluxogramas de trabalho;
Atividade para o próximo módulo;
Utilização do SGT – Gestão e Tecnologia
Gestão de documentos.

Módulo 5:

Conhecendo as necessidades de sua equipe;
Planejando ações de melhoria;
Importância da avaliação de desempenho;
Treinamento e desenvolvimento das pessoas;
Utilização do SGT – Gestão e tecnologia.
Avaliação de desempenho;
Inventário de RH;
Pesquisa de clima;
Pesquisa site;
Pesquisa de pós serviço.

Módulo 6:

Padrões de atendimento;
Tratamento x Atendimento;
Ferramentas de monitoramento;
Sistema de pesquisas;
Planos de ações de melhorias.
Utilização do SGT – Gestão e Tecnologia
Pesquisa de balcão;
Pesquisa site;
Pesquisa de pós serviço.

Módulo 7:

Entendendo os requisitos do PQTA – Programa de Qualidade Total Anoreg BR;
Conhecendo os benefícios da NBR 15960:2010;
Conhecendo os benefícios da NBR ISO 9001:2015.

Módulo 8 – Extra (Valores sob consulta)

Um dia de atividade no cartório identificando as práticas e suas inter-relações e o grau de maturidade da gestão;
Relatório de auditoria após a visita;

Fonte: Recivil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *